2010/07/29

As desculpas não se pedem, evitam-se ????

Nos últimos tempos tenho ouvido muito esta expressão dita por algumas pessoas num contexto em que alguém pede desculpa. Num tom enérgico, forte, alguém dispara “as desculpas não se pedem, evitam-se”.
Não só me parece dura esta resposta, como despropositada, perante alguém que reconhece o seu erro e apresenta as suas desculpas. À demonstração da humildade do ser a firmeza agressiva não me parece ser a resposta mais interessante.
Se um dos meus filhos durante uma refeição entorna involuntariamente um copo, derramando o sumo que estava nele, e se vira para mim com um olhar culpado e me pede desculpa, acham construtivo eu virar-me para ele e dizer-lhe “as desculpas não se pedem, evitam-se”?
Se acreditam que esta seria a resposta mais adequada, estão a precisar de fazer algum trabalho interior.
Face a tal pedido de uma criança ou de um qualquer ser mais adulto, recomendo que respondam “agradeço as tuas desculpas, aproveito para te pedir que tenhas mais atenção da próxima vez…”

É claro que poderíamos encontrar umas quantas possíveis derivações e situações em que os erros são tão repetidos que não há compaixão que aguente… Mas, por princípio, desvalorizar um pedido de desculpas não me parece ser muito inteligente, podemos sempre ser mais assertivos e de uma forma inteligente passar a nossa mensagem. Mas culpar alguém porque pede desculpas não me parece ser boa ideia.

E porque é que eu desenvolvo este tema, aparentemente insignficante? Não tenho coisas mais interessantes para fazer com o meu tempo?
Esta chamada de atenção ou partilha que aqui faço convosco, é porque são estes aforismos (expressões) que marcam formas de pensar de uma geração. E eu não gostaria de ouvir um filho meu a usar uma expressão assim.
Especialmente nestes dias de hoje onde existe um medo tão grande de falhar, medo do insucesso, medo do erro…não são estas expressões que contribuem para o desabrochar do verdadeiro potencial do ser humano.

Somos seres por natureza empreendedores, não nos castrem essa energia criativa.
Se ouvirem alguém a usar esta expressão para com outra pessoa fiquem alertas e, se possível, intervenham.
As desculpas pedem-se sempre e apenas quando necessário, elas fazem-nos estar humildemente mais atentos nas nossas próximas iniciativas.

Obrigado por receber estas palavras

8 Comments:

Blogger Maria T said...

Absolutamente de acordo Mário.
A humildade é importante demais para ser banida com a arrogância.
Seria tão melhor ver as pessoas serem genuínas e a trabalhar o desenvolvimento de atitutes de gratidão, humildade e o tão falado Amor Universal.
Bem haja Mário Rui pelas suas palavras.
Maria T

quinta-feira, julho 29, 2010 4:12:00 da tarde  
Blogger Mário Rui Santos said...

Bem haja pelas suas imagens, Maria

quinta-feira, julho 29, 2010 4:41:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Plenamente de acordo com as tuas palavras Mário. Aproveitando a deixa sobre algumas frases que se dizem sem pensar (ou não), aqui vai mais uma que me deixa um pouco "triste" com o egoísmo que ela mostra e que podia bem, à semelhança da que escreveste, fazer parte de um dicionário sobre frases a esquecer: "Com o mal dos outros posso eu bem".
Grande Abraço,
QJ

segunda-feira, agosto 02, 2010 3:41:00 da tarde  
Blogger Mário Rui Santos said...

Simpática sugestão, QJ. Muito obrigado.
Abraço

segunda-feira, agosto 02, 2010 11:15:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

As desculpas pedem-se porque dizem que as pessoas mal educadas não dizem desculpa ou seja evitam dizer desculpa .
As pessoas bem educadas dizem desculpa ou seja pedem desculpa por aquilo que erraram !

A minha ideologia é para mim correcta porque a expressão está errada.

terça-feira, julho 26, 2011 1:10:00 da tarde  
Blogger Mário Rui Santos said...

Obrigado, Anónimo.

terça-feira, julho 26, 2011 1:30:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

de acordo :) é claro que por vezes de cabeça quente possa passar pela nossa cabeça dizer isso (em caso extremos e se as desculpas não forem pedidas realmente com essa intenção) mas nunca as podemos dizer sem pensar duas vezes porque um gesto humilde não pode ser deitado a baixo com arrogância...

sábado, fevereiro 25, 2012 7:05:00 da tarde  
Blogger Mário Rui Santos said...

Totalmente de acordo, anónimo.

segunda-feira, fevereiro 27, 2012 11:03:00 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home