2011/12/01

Ama-te!

4 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Amar é simplesmente,reconhecer o que de mais enriquecedor nós sabemos dar e receber, encontrando ou reencontrando a base "extra" ,quando me refiro a extra é aquele que nunca acaba mas que também não é só meu é de todos,aquele que nasce e perdura por tempo infinito, sem apego,apenas nutrir,apenas sentir,respirando,inspirando ,expirando fluidez física e etérica absorvendo plenitude entre os sentimentos...MJ

quarta-feira, janeiro 04, 2012 1:02:00 da tarde  
Blogger Mário Rui Santos said...

Obrigado, MJ por este seu enriquecedor comentário. No entanto, relembro que a reaprendizagem de algo tão fantástico - que o ser humano por diversas razões parece esquecer - necessita de uma abordagem mais pedagógica de pequenas descodificações. Reaprender a sentir o amor é como aprender a andar, dando um passo de cada vez e com simples e pequenas iniciativas como as que proponho. Entre tantas outras possíveis. Abraço - MRS

quarta-feira, janeiro 04, 2012 1:10:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Sem dúvida Mário,então recomeço...
No Amar está o acreditar em nós,aprender a confiar,aprender a sorrir,passo a passo o caminho existe,basta descalçarmos e deixar para trás os "sapatos velhos" e aprender a andar descalço/a caminhando ,sentindo as dores antigas, libertando-nos,e com o caminhar, reaprender a usar uma sola nova ,sem apertos ,sem dor, apenas aconchego.

quarta-feira, janeiro 04, 2012 1:57:00 da tarde  
Blogger Mário Rui Santos said...

Grato por essa "descodificação" :)

quarta-feira, janeiro 04, 2012 1:59:00 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home