2012/02/22

Inadaptação?

2 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Vivia numa antinomia mundana , pois permanecia comigo uma ansiedade, que na altura não a compreendia porque a tinha, e ao mesmo tempo sentia-me com uma força inabalável não entendendo o motivo do paradoxo,com o passar do tempo,com reflexão acabei por aprender a escutar a ansiedade e a tentar perceber o que ela me queria transmitir,confesso que tive vontade de a colmatar pois assim não me chateava mais, mas e depois?Então resolvi ter um "debate" com ela e sorri-lhe no final,por ela ampliar os meus horizontes,pois com ela cresci,mutei,e ao mínimo anseio,bato-lhe à porta e pergunto-lhe o que me queres dizer? E tranquilamente,ouço-a e agradeço o aviso,com isto quero dizer que dentro da inadaptação sinto-me uma grande adaptada dentro da minha forma de viver, encontrando assim o meu ponto de equilíbrio:))) Abraço forte Mário, da tua amiga inadaptada MJ

segunda-feira, fevereiro 27, 2012 11:34:00 da manhã  
Blogger Mário Rui Santos said...

Benditos sejamos nós, inadaptados. Bendita seja a escuta da nossa ansiedade.
Bendita a sua transformação em energia criadora.

terça-feira, fevereiro 28, 2012 1:42:00 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home