2013/03/14

Senta-te aqui


Senta-te aqui e diz-me o que te vai na alma,

Mas diz com calma para que a alma não doa.
E devagar para o nosso banco não abanar.

Agora fala mas fala alto com pujança e força. 
Para aí dentro nada do que te zanga ficar.
E depois... respira fundo e volta a olhar o mundo.

E vê como ele muda de cor, cheiro e sabor.
Assim vais percebendo que és sempre tu quem muda
Porque o mundo apenas muda o que tu mudares nele.

Mas senta-te aqui e diz-me... o que te vai na alma.
Mas diz com calma para que a alma não doa.
E devagar para o nosso banco não abanar.

www.MarioRuiSantos.net
www.Hipnose.pro

2 Comments:

Anonymous Anónimo said...

:) este poema fez a minha alma sorrir!

sábado, março 16, 2013 10:52:00 da tarde  
Blogger Mário Rui Santos said...

:)

segunda-feira, março 18, 2013 12:29:00 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home