2008/09/17

Controlo, aceitação e liberdade

A liberdade deste ser que somos nós depende em grande parte de uma capacidade que vamos adquirindo à medida que crescemos: a capacidade de aceitar.
Aceitar mudar aquilo que podemos mudar e ultrapassar esse desafio, e aceitar que há coisas que não podemos mudar, e também ultrapassar esse desafio.
É verdade que entre uma e outra teremos sempre a tensão da decisão, e também essa poderemos aceitar ou mudar. Mas nesta dinâmica de equilíbrio que vamos gerindo haverá sempre um ponto em que teremos de largar e aceitar o que acontece a seguir - a isso chamar-se-á, talvez, confiar.
No exercer dessa confiança responsável, vamo-nos focando cada vez mais naquilo que de forma determinada escolhemos mudar. Vamos aceitando o crescer da semente, tranquilos de que não precisamos de a controlar para ela crescer. Aceitamos e libertamo-nos na contemplação das nossas determinadas e escolhidas acções. Confiamos.
(in "A hipnose dos nossos dias" de Mário Rui Santos)

11 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Pergunto-me como não confiar. Se estou viva estou em permanente mudança; faz parte, não suportaria ser quem era há dez anos atrás. Se há aquelas mudanças que, por serem mais rápidas e/ou fruto de decisões tomadas sozinha (mas que têm consequências nas vidas daqueles que mais amo), me fazem andar durante uns tempos em carne viva, há também as outras, que me permitem ser quem sou hoje, e que se vão instalando de forma mais suave e menos dolorosa.

Sinceramente, confio. Custa-me muito, isso sim, aceitar o que não posso mudar... mas cada vez aceito melhor, já não sou nenhuma adolescente :)

sábado, setembro 20, 2008 7:26:00 da tarde  
Anonymous t.c. said...

Confio

terça-feira, setembro 23, 2008 12:17:00 da manhã  
Anonymous josé barbosa said...

Cá vou exercitando esta minha dinâmica capacidade de aceitação. Abraço.

terça-feira, setembro 23, 2008 12:06:00 da tarde  
Blogger The Dream said...

Infelizmente, o que avida me ensinou foi em Não Confiar... pelo menos não nos outros... não no mundo... e sim em mim!
Mas, como faço parte do mundo porque não acreditar nele?
Faço TODOS oS DIAS um esforço... esforço esse para ver um mundo melhor!

Beijinhos aromáticos***

terça-feira, setembro 23, 2008 1:26:00 da tarde  
Blogger Mário Rui Santos said...

Ou talvez a vida te tenha ensinado a poderes confiar de uma forma diferente. Uma forma talvez mais tranquila e segura ;) abraço

quinta-feira, setembro 25, 2008 5:22:00 da manhã  
Blogger Cc said...

Talvez confiar não seja tão fácil como desejaríamos. Ao longo da nossa vida encontramos pessoas que nos mostram isso mesmo. Eu tento até porque, o Mário Rui me ensinou que, sim temos que confiar, que cada experiencia, seja ela positiva ou negativa, faz parte do nosso crescimento. Sei também que torno-me cada vez mais forte, sinto-me com maior capacidade para responder a essas situações e, por essa razão... Tento largar a armadura, a lupa com que observo as pessoas inicialmente para poder dar-lhes uma oportunidade de me surpreenderem. Caso não aconteca... é mais uma lição da vida para mim!

quinta-feira, setembro 25, 2008 4:28:00 da tarde  
Blogger Divinius said...

Nem todos vão adquirindo a capacidade de aceitar,nem todos crescem no mesmo sentido,é logicamente ilógico...)

Um abraço para ti.
Blogue muito bom.
Sorriso:)

segunda-feira, setembro 29, 2008 1:44:00 da manhã  
Blogger Mário Rui Santos said...

CC, essa parece-me ser uma boa prática.
Obrigado Divinius :)

terça-feira, setembro 30, 2008 7:26:00 da manhã  
Blogger jose gomes said...

Acreditar... sim... é maravilhoso acreditar que somos partículas de Luz e um dia seremos Estrelas. É BOM ACREDITAR QUE SOMOS UMA PARTÍCULA, pequena porção, de um OCEANO DE LUZ.
ACREDITO QUE UM DIA TODOS NOS ENCONTRAMOS.
.jose gomes

quinta-feira, outubro 23, 2008 11:36:00 da tarde  
Blogger Mário Rui Santos said...

Dia a dia nos encontramos, dia a dia nos criamos.

Abraço

sexta-feira, outubro 24, 2008 8:40:00 da tarde  
Anonymous 江苏互联星空棋牌游戏中心 said...

It seems a little more than I need to check the information, because I was thinking: Why does not my GLOG these things!

quarta-feira, janeiro 07, 2009 12:49:00 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home