2009/10/21

O homem do sinal vermelho


Conheci um homem que, no trânsito, aquilo de que mais gostava era de ficar parado nos sinais vermelhos. Adorava engarrafamentos, não daqueles tipo "pára-arranca", não. Gostava mesmo era de engarrafamentos a sério, onde se ficava parado durante uns bons quartos de hora.
Quando não andava de carro, adorava ficar à espera do transporte e deliciava-se quando o autocarro se atrasava.
E se por acaso se deslocava a pé para algum lado, parava várias vezes em cafés para tomar alguma coisa, especialmente naqueles em que o empregado o parecia ignorar e demorava quinze minutos para servir um café.
---
"O tempo chega sempre; mas há casos em que não chega a tempo."
Camilo Castelo Branco

4 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Também gostava de ser assim. Mas quando à compromissos importantes é completamente impossível.
Se calhar esse homem não tem contas para pagar.... Talvez seja possível ser assim num mundo em que seja possível viver sem ser necessário ganhar dinheiro.

quarta-feira, outubro 21, 2009 1:35:00 da tarde  
Blogger Mário Rui Santos said...

Será que este homem não tem contas para pagar? Estará alienado? Estará deprimido? Louco? Em estado de choque?

quarta-feira, outubro 21, 2009 1:52:00 da tarde  
Blogger Paula said...

Chega quando tem de chegar certo???

Saudades...
Beijocas aromáticas***

quarta-feira, outubro 21, 2009 5:11:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

É difícil conseguir pensar assim já que o tempo não estica.
Acho que isso é daquelas coisas, na teoria é tudo muito bonito, mas na vida real... é bem mais complicado.

quinta-feira, outubro 22, 2009 1:52:00 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home