2006/08/31

"No inverno profundo finalmente aprendi que existia em mim um verão invencível."

6 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Pois é, às vezes estamos tão encerrados numa tal escuridão que mesmo que avistemos um pequeno raio não o conseguimos agarrar. mas, um dia, com a força vinda sabe-se lá de onde, agarramos esse raio e então...nunca mais o queremos largar! É a luz da vida!

segunda-feira, setembro 04, 2006 11:38:00 da tarde  
Blogger Mário Rui Santos said...

a luz é feita de muitos raios, krida Alice

terça-feira, setembro 05, 2006 11:12:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

se calhar temos momentos ou mesmo fases da vida que não os conseguimos avistar...por outro lado, temos outros momentos que quando nos concentramos, os conseguimos sentir entrar dentro de nós e darem-nos uma energia vital...

quarta-feira, setembro 06, 2006 11:38:00 da tarde  
Blogger Mário Rui Santos said...

e aí sorrimos, brilhamos também e crescemos. uma coisa é certa: a ausência deles é sempre temporária.

quarta-feira, setembro 06, 2006 11:58:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

a sua ausência é tanto maior quanto maior for a nossa dor...mas, num belo dia, redescobrimos um pequeno raio e finalmente a luz...

quinta-feira, setembro 07, 2006 11:11:00 da tarde  
Blogger Mário Rui Santos said...

finalmente, como sempre, ela surge

segunda-feira, setembro 11, 2006 10:48:00 da tarde  

Publicar um comentário

<< Home