2006/08/07

A Perda


Perder alguém é como tirar o quadro de uma moldura que continua pendurada na parede.
É como ver uma janela que já não abre mas por onde nos debruçámos tantas vezes.
É como uma peça que falta no puzzle do nosso ser, do nosso crescimento.

Perder alguém é um abanar da nossa estrutura, é abrir rachas.
É como um apagar de luzes num caminho aberto ao céu.
É como um sentimento que já não se sente.
É uma irracionalidade, uma loucura, uma estupefacção, uma derrota, uma decepção.

Perder alguém é uma pergunta a Deus, mesmo quando n´Ele não se acredita.
É como uma vitória das trevas, uma derrota do Bem.
Uma baixa na batalha da vida, que se baptiza de estúpida e porca.
Uma dúvida sobre a sobrevivência.

Perder alguém é uma lágrima, um choro, um oceano de dor e de grito.
É como um mar calmo onde se precisa de vento.
É o lembrar da nossa vida, do que fizemos e fazemos.
Dos que amamos e rejeitamos. Até dos que ignoramos.

Perder alguém é perdermos um pouco de nós.
É aprender do modo mais duro.
É escolher entre o lamento e o crescer.
É ver em cada momento pedaços onde vive esse alguém.
É ouvir um sussuro que nos diz : Vive !

6 Comments:

Blogger Miudaaa said...

e sem querer ser ou parecer de modo algum egoísta, apelo para o teu ultimo registo:

"É ouvir um sussuro que nos diz : Vive!!!"

ViVe e abraça a vida... ela é o teu presente mais valioso que recebeste.acreditas?

Beijo de miudaaa :-), contigo!!!

quarta-feira, agosto 09, 2006 1:36:00 da tarde  
Blogger Utopia said...

Só se perde quem é esquecido!
E quem nos marca assim não se esquece!
Relembrasse com alegria todos os momentos que foram passados juntos, com saudade, mas nunca com tristeza!
Esse alguém vive agora no teu coração!

terça-feira, agosto 15, 2006 4:04:00 da manhã  
Blogger maria inês said...

perder alguém, é como fechar um capítulo de um livro!

no dia seguinte a história continua, como a nossa vida!

gostei muito de ler o que escreves-te!:)))

quinta-feira, agosto 24, 2006 10:56:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Perdi o meu querido Pai, uma pessoa maravilhosa. Era um grande amigo.
A perda para mim foi um choque, eu queria ter a força que tive inicialmente, mas não consegui.
A perda pra mim são as saudades, tem sido muito complicado viver sem ele, embora recorde os bons e grandes momentos e foram muitos...
Embora tenha marido e filha, mas o vazio que sinto é enorme.
É a saudade é a falta dos seus carinhos, das suas palavras, enfim é o Pai que me ligava e me dizia: " ...é só pra ouvir a tua voz".
Desculpem este desabafo.
Maria

sexta-feira, março 30, 2007 6:24:00 da tarde  
Blogger António Gaspar said...

A perda é realmente um sentimento necessário à vivência do ser humano. Felizes...nós...que temos a força para encarar realmente a perda e não nos perdermos em fantasias...é necessário sermos responsáveis pelo nosso crescimento e a perda é o sentimento que me faz escorrer lágrimas sem ser preciso me esforçar...e portanto...inevitavelmente...cresço...

terça-feira, abril 21, 2009 12:04:00 da tarde  
Blogger Mário Rui Santos said...

Obrigado a vós que com estes sentidos comentários me ajudam igualmente a crescer. São um ganho.

sexta-feira, abril 24, 2009 1:59:00 da tarde  

Publicar um comentário

<< Home