2007/03/05

As linhas da vida


Os delineares e os alinhamentos, os desalinhares e os tira-linhas. As rectas e as curvas, os ângulos rectos e as intersecções vão acontecendo. Idealmente fazemos estas linhas acontecer, fazemo-las viver, entre pausas em que esperamos que o lápis, o marcador ou a caneta de tinta permanente escrevam sózinhos.

Mas talvez estas não sejam pausas de espera por uma acção exterior, talvez sejam pausas de reflexão e de espera por uma acção interior, por uma inspiração. Que nos surge ou aguarda pela nossa mão, nos abraça e continuamos...a delinear, entre rectas, curvas e intersecções a viver e a crescer. Em cada ponto dessa linha. Talvez...

9 Comments:

Blogger Gato Vadio said...

Colocaria aqui o comentário anterior... a reflexão estende-se... pelo meio recordo ter lido nalgum lugar que a experiência é uma disciplina dura, pois dá-nos primeiro o teste e só depois vem a lição... Outra extenção da reflexão prende-se com os compassos de espera... esperar por esperar por dias melhores não me parece que seja uma boa opção... carregar baterias, convalescer é importante, mas temos de ser responsáveis por isso, que de resto poderá simplesmente levar-nos à deriva, qual barquinho de papel em alto mar "à espera" que o vento sopre na direcção certa...

segunda-feira, março 05, 2007 2:15:00 da tarde  
Anonymous jorge a. said...

Gosto de acreditar que nas pausas que faço a continuação surge de forma natural e se ela não vier, vou lá buscá-la. Abraço

segunda-feira, março 05, 2007 3:12:00 da tarde  
Blogger Mazarelle said...

o mais interessante é que estas linhas da vida não escolhem o tipo de ser humano; estão presentes na hitória de todos...

segunda-feira, março 05, 2007 3:55:00 da tarde  
Blogger Pedro Santos Paulo said...

Bom...para mim as linhas da vida não têm pausas. Provavelmente não se interrompem e as pausas serão ausência de vibração ou oscilação. Temos picos em alta, picos em baixa, uma oscilação natural... Quando se morre aí sim a linha será------------------------------------------------------------------

quarta-feira, março 07, 2007 1:23:00 da manhã  
Blogger Pedro Santos Paulo said...

Ah...esqueci-me de agradecer o presente musical que nos deste de presente.
1 grande abraço

quarta-feira, março 07, 2007 1:24:00 da manhã  
Blogger Mário Rui Santos said...

estas linhas que escreveram cruzaram-se com as minhas, não sei se no meio de uma curva ou de um qualquer ângulo. mas são boas intersecções :)

quarta-feira, março 07, 2007 2:58:00 da manhã  
Blogger DairHilail said...

Passo para te ler...gostei do que li...continua...escrever faz bem á alma, torna-a mais doce, as palavras são como notas musicais que deslizam de nós e para nós, e os outros podem sempre sentir esse compasso, ao ouvir, ao ler...agora parto...volto para o mar, onde misturo o turbilhão das minhas emoções...até que se diluam...
Fica bem!

quarta-feira, março 07, 2007 8:28:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

o k é pior ? esperar ou cometer os msm erros?
raquel.

quarta-feira, março 07, 2007 3:40:00 da tarde  
Blogger Mário Rui Santos said...

...e têm mesmo de ser os mesmos erros ? o ideal é cometer outros melhores e mais interessantes.

quinta-feira, março 08, 2007 1:03:00 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home