2008/02/04

A idade dos porquês


Mas porque é que eu sou assim ? Porque é que faço e continuo a fazer a mesma coisa ? Porque é que eu reajo sempre desta forma ? Porque é que continuo a adiar ? Porque é que falo assim com as pessoas ? Porque é que eu não sou capaz de dizer não ? Porque é que eu não sou capaz de deixar de fumar ? Porque é que aceito que me tratem assim ? Porque é que eu não reajo ? Porque é que fico parado ? Porque é que eu não tenho energia ou motivação para fazer o que quero e mesmo aquilo que me dá prazer ? Porque é que evito falar com aquela pessoa ? Porque é que aquela memória ainda me faz sofrer ? Porque é que eu não consigo esquecer ? Porque não me consigo levantar cedo de manhã ? Porque não tenho vontade nenhuma de trabalhar ? Porque não consigo estar com outras pessoas ? Porque tenho medo de cães ? Porque é que as pessoas fogem de mim ? Porque parece que estou bloqueado ? Porque não consigo pensar nas soluções e só penso nos problemas ? Porque é que fico tão ansioso ?

Porque é que fico parado nos porquês ? Será porque sinto que antes de resolver o que me incomoda preciso perceber porque me incomoda ou porque me surge este incómodo ? Será porque preciso perceber o porquê do meu problema antes de o começar a resolver ? Será porque preciso de ganhar coragem e me envolvo numa eterna busca dos porquês ? Porque será que não penso em perceber o porquê e resolver o meu problema ao mesmo tempo ? Porque será que não consigo fazer estas duas coisas ao mesmo tempo na minha vida ? Será porque não quero resolver o problema porque se o resolvesse já não teria porquês na minha vida e a minha vida seria monótona ? Porque é que será que me mantenho aqui nesta idade dos porquês, sem ver os comos, os quandos, os ondes, a quens, a quês ?

Porque me mantenho por aqui, nesta idade dos porquês ? Será porque há uma boa razão para me manter por aqui, nesta idade dos porquês ? Ou será que eu me vou sentir melhor para perceber o porquê quando mudar, não sei muito bem o quê ?

---
"Há pessoas que vêem as coisas como elas são e que perguntam a si mesmas: ''Porquê?'' e há pessoas que sonham as coisas como elas jamais foram e que perguntam a si mesmas: ''Por que não?''
George Bernard Shaw

---

"Tell me why I don´t like mondays" - Bob Geldof...

13 Comments:

Anonymous t.c. said...

Sim, eu sei os momentos de reflexão e introspecção ás vezes estendem-se um pouco. Mas deixem-me descansar neste questionar tranquilo antes de enfrentar os bichos papões das mudanças inevitavelmente adiadas. Abraço

segunda-feira, fevereiro 04, 2008 7:33:00 da tarde  
Anonymous Diana said...

E Porquê? Talvez apenas porque faz parte da nossa natureza humana interrogarmos-nos sobre tudo o que nos afecta! Porque queremos compreender para depois aceitar, porque queremos evoluir, porque somos pura e simplesmente curiosos, porque pensamos, porque amamos,porque sonhamos, porque idealizamos, porque somos insatisfeitos por natureza, porque procuramos novas motivações para continuar, porque nos revoltamos, porque há injustiças, porque não toleramos a estagnação, porque.......... todos nos mantemos na idade dos porquês, apenas porque somos humanos.

segunda-feira, fevereiro 04, 2008 7:33:00 da tarde  
Anonymous t.c. said...

Oh Diana, parece que combinámos han ?

segunda-feira, fevereiro 04, 2008 7:34:00 da tarde  
Anonymous Diana said...

Sim, T.C., também, fica estupefacta com a sincronicidade do momento, logo que acabei de publicar o comentário e me apercebi que simultaneamente tinha caido o teu. Porquê? Talve, apenas uma gira coincidência, talvez não...

segunda-feira, fevereiro 04, 2008 11:22:00 da tarde  
Anonymous Diana said...

queria dizer "fiquei estupefacta...."

segunda-feira, fevereiro 04, 2008 11:24:00 da tarde  
Anonymous josé barbosa said...

O porquê faz parte da natureza humana, se não fosse o porquê provavelmente ainda estariamos na idade da pedra. O porquê ajuda-nos a construir uma motivação, de confirmação ou de negação. Concordo que eventualmente alguns de nós ficam parados, inertes num porquê perpétuo e imobilizante. Porque é que ficam nos porquês ? Não sei, mas acontece-nos de vez em quando um pouco a todos.

terça-feira, fevereiro 05, 2008 12:23:00 da tarde  
Anonymous fernanda said...

Mas porque é que eu gosto de passar por aqui de vez em quando ? Porquê ?
Porque não hei-de eu passar por aqui ?
;) Abraço

quarta-feira, fevereiro 06, 2008 11:17:00 da manhã  
Blogger PaulaNog said...

Porquê? Porque...
Porque ao fazermos a pergunta demonstra que NO FUNDO já sabemos a resposta... apenas nos falta a consciecia dessa mesma resposta...
LINDO***
"porque gosto de ti"

quarta-feira, fevereiro 06, 2008 6:14:00 da tarde  
Blogger Xicha said...

Quase sempre pergunto e Porque não ? já me tem corrido mal , mas tb já tem corrido bem, por norma sou aventureira e muito impulsiva daí os resultados por vezes serem catastróficos e por vezes absolutamente extraordinários... os porquês ???? - curiosity killed the Cat.
Bom Fim de Semana para todos
:)
XI

sexta-feira, fevereiro 08, 2008 4:31:00 da tarde  
Blogger Maria Leonor said...

Questões ou aglomerados infinitos de opções ?
No silêncio da noite expandem-se e riem-se de nós...

domingo, fevereiro 10, 2008 11:51:00 da tarde  
Blogger Mário Rui Santos said...

Porque sim...sei lá ;)

segunda-feira, fevereiro 11, 2008 2:46:00 da manhã  
Blogger Margarida Ramos said...

Porquê? Porquê...pelo mistério da descoberta de quem pergunta e de quem encontra a resposta

terça-feira, fevereiro 19, 2008 10:44:00 da tarde  
Blogger Mário Rui Santos said...

E depois do Porquê ?

quarta-feira, fevereiro 20, 2008 9:32:00 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home