2006/09/26

À tua volta

Tens de criar as tuas próprias oportunidades.
O teu futuro não é obra do acaso.
É resultado das escolhas que fazes.
Não é algo pelo qual tens de esperar.
É algo que tens de perseguir.

Não esperes pelas oportunidades extraordinárias.
Agarra as circunstâncias e torna-as fantásticas.
As oportunidades podem vir disfarçadas sob a forma de infortúnios, azares,
ou de derrotas temporárias.

Começa hoje, exactamente por onde estás.
Os campos verdejantes, ao longe, parecerão sempre mais verdes.
Mas as oportunidades de ouro estão à tua volta.



(adapt. TDG)

1 Comments:

Anonymous Alice said...

É bem verdade, basta apenas pararmos, olharmos bem à nossa volta e sentirmos, acho que é importante ter sensibilidade e intuição...depois, é só escolhermos!

quarta-feira, setembro 27, 2006 12:22:00 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home