2007/09/28

Felicidade nacional bruta


Um grupo de economistas japoneses defendeu recentemente que o seu país deveria preocupar-se menos com o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) e inspirar-se no exemplo do Butão, um pequeno reino dos Himalaias, que mede o seu progresso com base num outro tipo de indicador: a Felicidade Nacional Bruta (FNB).
"O Japão tem muito que aprender com o Butão nesta matéria", afirmou Takayoshi Kusago, ex-economista do Banco Mundial e professor da Universidade de Osaka, durante o simpósio subordinado a este tema, organizado em Tóquio no início de Outubro.
Apesar de o PIB do Butão ser de apenas 500 milhões de dólares, quase nove mil vezes inferior ao do Japão (4,4 mil milhões de dólares), desde 1970 que o pequeno reino budista se preocupa sobretudo com o crescimento do índice que mede a felicidade individual dos cidadãos. A “FNB” leva em conta factores como o desenvolvimento sócio-económico duradouro e equitativo, a preservação do meio ambiente, a conservação e promoção da cultura e a boa governação.

in "A Página da Educação" - (ver artigo completo)
onde é o Butão ?

5 Comments:

Anonymous jorge a. said...

No Butão estão muito á frente :)

sexta-feira, setembro 28, 2007 7:42:00 da tarde  
Anonymous rosa said...

Eis um conceito de uma nova “Economia Humanista”, será mais um indicador da era do aquário?

domingo, setembro 30, 2007 12:38:00 da manhã  
Anonymous fernanda said...

Onde é a embaixada do Butão ?

segunda-feira, outubro 01, 2007 12:39:00 da manhã  
Blogger Mário Rui Santos said...

não me parece que haja cá em Portugal

segunda-feira, outubro 01, 2007 1:54:00 da manhã  
Blogger Mário Rui Santos said...

Este é um blog vivo, de partilha e de co-construções de alternativas aos formatos e aos paradigmas existentes.
A sua vida depende não só de mim mas de quem o visita, de quem o lê e de quem o comenta.
Todos os comentários são lidos - mesmo nos textos mais antigos - e, sempre que se justificar também os comentarei.
Por isso verão na maior parte dos textos este meu comentário e esta minha explicação - a sua presença é uma prova de que o blog está vivo e de braços abertos para a vossa mais que bem-vinda partilha.
Esse comentário pode ser feito directamente nesta página, mas se tiver problemas de ordem técnica envie-me por favor o seu comentário identificando o nome do texto que quer comentar para comments@hipnozz.com e eu publicá-lo-ei com o seu conhecimento.
Obrigado pela sua visita e pelo seu comentário.
Volte sempre :)

quinta-feira, outubro 04, 2007 12:23:00 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home