2007/10/06

Direito à Irracionalidade


Não somos máquinas. Somos uma versão avançada ou evoluída de uma espécie animal. Somos carne, sangue, osso, energia, alma...
Somos seres especiais que aprendemos e crescemos. Mesmo que não o sintamos, nem sempre fazemos o melhor para nós ou para os outros. Duvidamos, questionamo-nos, zangamo-nos, hesitamos. Pairamos indecisos, gritamos. E por vezes, sabe tão bem...
Temos um direito inquestionável à irracionalidade. Um direito que vem com uma séria e enorme responsabilidade.
A responsabilidade de limitarmos essa irracionalidade no tempo e reenquadrá-la, convertendo a sua energia numa fantástica força criadora e de reposição de equilíbrio. De crescimento.

---
"Ousar é perder o equilíbrio momentaneamente.
Não ousar é perder-se."
Soren Kierkegaard

5 Comments:

Anonymous t.c. said...

:P

segunda-feira, outubro 08, 2007 11:22:00 da manhã  
Blogger catarina pierangeli said...

Lembrei-me do Maluco Beleza, do Raul Seixas.

terça-feira, outubro 09, 2007 6:14:00 da manhã  
Anonymous jorge a. said...

bendita irracionalidade temporária a que nos podemos permitir - abraço racional

terça-feira, outubro 09, 2007 11:41:00 da manhã  
Anonymous fernanda said...

Time-Limited-Irrationality

quarta-feira, outubro 10, 2007 12:13:00 da tarde  
Blogger Xicha said...

Somos seres errantes e na realidade não devemos culparmo-nos por isso...
Xi

quinta-feira, outubro 11, 2007 12:17:00 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home