2006/11/14

Nós, os selvagens

Neste fim-de-semana uma conhecida cadeia de hipermercados realizou uma promoção de brinquedos em que oferecia 50% do valor dos brinquedos adquiridos em compras nesse mesmo hipermercado.

Aventurei-me porque a promoção era boa demais para recusar. Mas aquilo que me foi oferecido quando cheguei ao local não foi uma promoção pré-natalícia, foi antes um cenário de guerra.

Os clientes em fúria tinham literalmente invadido os corredores, digladiando-se entre eles, gritando, chorando - uma verdadeira histeria de massa.

E o mais interessante é que não tive de pagar nada para assistir, porque nem sequer fiz compras. Recebi a oferta fantástica da imagem de uma espécie (à qual pertenço) que parece ser facilmente manipulada, direi mesmo facilmente bestializada.

Lembrei-me de quanto ainda temos de nos trabalhar a nós próprios.
Mas lá iremos ! Não tenho dúvidas...


--

Nerina Pallot - "Everybody´s gone to war"

4 Comments:

Blogger Xicha said...

Sim é verdade muito trabalho à ainda a fazer o importante é não desistir, quem já começou a entender e a sentir e muito essa densidade terá sempre de fazer muito mais para conseguir passar a mensagem (isto serve tb para mim claro) ...fácil não é, impossivel ainda menos...
Abraço
Xi

terça-feira, novembro 14, 2006 3:39:00 da tarde  
Blogger solfejo said...

O dificil acontece... o impossível demora um pouco mais. Já escrevi isto neste blog, eu sei, mas acho que continua a valer.

(Alice)

terça-feira, novembro 14, 2006 10:35:00 da tarde  
Blogger LUA DE LOBOS said...

pois e cada vez mais se abre o abismo entre os que compreendem e já lá andam e os que nem pereceberam o capitulo que se segue...
xi
maria

quinta-feira, novembro 16, 2006 10:03:00 da manhã  
Blogger Mário Rui Santos said...

pois eu gosto de acreditar que esse abismo cada vez se fecha mais ;)

quinta-feira, novembro 16, 2006 10:49:00 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home