2006/11/28

O não possível



Não existem as não possibilidades.
Não penses naquilo que não consegues fazer.
Pensa naquilo que consegues.

Não interessa o teu nível de capacidades,
tens mais potencial que aquele que consegues desenvolver numa vida.

Tens poderes sobre os quais nunca sonhaste.
Podes fazer coisas que nunca pensaste serem possíveis.
Não existem limites para aquilo que consegues fazer excepto os limites na tua própria mente.

O leque de possibilidades, agora, é ilimitado.
Olha para as coisas como elas podem ser.


(adapt. TDG)

3 Comments:

Blogger Xicha said...

Se o ego deixar, ficam ainda mais fáceis todos os desafios...
Pode matar-se o ego ??? heheheh

Abraço
Xi

terça-feira, novembro 28, 2006 11:09:00 da manhã  
Blogger Betty Branco Martins said...

Olá Mário

Adorei o teu "O não possível"

O que nos limita e incapacita é a nossa mente - o que nos abre o caminho para o "infinito" das nossas possibilidades/capacidades - liberdade - é ela própria, a mesma - mente.
Por isso o homem terá que recorrer ao determinismo - "aliado" da mente para usufruir desta fantástica "liberdade" da escolha - o fazer.

Parabéns pelo teu post.

Beijinhos

terça-feira, novembro 28, 2006 5:41:00 da tarde  
Blogger solfejo said...

Afinal, nós somos aquilo que pensamos ser...

quarta-feira, novembro 29, 2006 10:10:00 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home