2007/07/02

Observa


Pega naquele cubo de gelo, fecha a tua mão e observa.
Coloca aquela pedra de areia na peneira e observa.
Ergue aquela enorme pedra tão pesada como uma pena e observa.
Amarrota aquela inflexível folha de aço na tua mão e observa.
Destrói aquela parede centenária e imutável de papel e observa.
Sente os espinhos daquela roseira, suaves como veludo e observa.
Sai daquele infinito buraco que te cobre os pés, levanta-te e observa.
Suporta os ventos e tempestades daquela bonança e observa.
Oprime o teu coração com aquela implacável e frágil mão de fino cristal, que se derrete com o calor do teu corpo e observa.
Abraça o abutre que te bica os olhos com bicos de gentis pétalas e observa.
Grita bem alto os teus murmúrios de conquista e observa.
Mostra o que sentes e observa.
Observa como transformas o menos bem, num bem melhor e maior.
Observa como de um rosto sisudo nasce um sorriso.
Observa como de uma testa franzida de preocupações as sobrancelhas se levantam com soluções.
Observa como à distância de um pensamento consegues mudar a noite para o dia, a chuva para o sol, as nuvens para o céu, o ruído para o silêncio.
Observa ainda que entre uma e outra opção, podes criar um número infinito de opções.
Observa.

4 Comments:

Blogger Paula Nogueira said...

O poder está em nós verdade?

segunda-feira, julho 02, 2007 2:41:00 da tarde  
Anonymous rosa said...

…que sensação poderosa
;)

segunda-feira, julho 02, 2007 7:21:00 da tarde  
Anonymous jorge a. said...

observo. sim, os nossos pensamentos são poderosos. obervo que sim e penso assim, e assim ainda lhes dou mais poder.

segunda-feira, julho 02, 2007 9:55:00 da tarde  
Blogger Mário Rui Santos said...

observem ;)

quarta-feira, julho 04, 2007 10:53:00 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home