2007/07/13

"How to save a life" - FRAY



Em primeiro lugar dizes "precisamos de falar". Ele levanta-se e tu dizes para ele se sentar. Ele sorri de volta para ti e tu olha-lo fixa e tranquilamente. Uma espécie de janela à tua direita, enquanto ele vai para a esquerda. Entre as linhas de medo e culpa, começas a perguntar-te porque vieste.

Fá-lo saber que podes fazer melhor porque é isso mesmo, tu sabes fazer melhor. Passa pelas suas resistências sem o fazeres sentir inocente. Apresenta-lhe uma lista das coisas não estão tão bem e que sempre lhe foste dizendo. E reza para que ele te ouça.

Enquanto ele começa a levantar a sua voz tu baixas a tua e dás-lhe uma última opção. Entre guiar até perder a estrada ou parar com os outros que ele também seguia.
Ele fará uma das duas e admitirá qualquer coisa, ou dirá que já não é a mesma pessoa e aí perguntar-te-ás de novo o que estás ali a fazer.
Onde é que erraste ? Perdeste um amigo entre as coisas amargas.
Tê-lo-ias acompanhado toda a noite se soubesses como salvar uma vida.

(letra adapt. de Fray - "How to save a life")

5 Comments:

Anonymous gato vadio said...

Fiquei sem palavras.
Volto mais tarde para reflectir melhor..

sexta-feira, julho 13, 2007 10:31:00 da tarde  
Blogger SA said...

olha vi o teu blog através da miuddaaa... desculpa a pergunta meio estupida, mas tu não tinhas outro blog em que assinavas como Gugas... e que acho que ja li um perfil muito parecido com o teu. de qualquer das formas gostei deste espaço e vou passando :)

sábado, julho 14, 2007 6:00:00 da tarde  
Anonymous gato vadio said...

Os amigos não se perdem. Ou nunca os tivemos e ficamos simplesmente a saber disso, Ou deixamos de conviver com eles sem perder a memória de todas as conquistas, pois é isso que nos eterniza..

domingo, julho 15, 2007 8:25:00 da tarde  
Blogger Mário Rui Santos said...

Gugas é o meu filho :) uma outra criança...

domingo, julho 15, 2007 11:57:00 da tarde  
Blogger Mário Rui Santos said...

é verdade GV eles os amigos não se perdem enquanto não os quisermos perder...enquanto acreditarmos na amizade e eles tiverem paciência para ouvir as nossas verdades e equívocos, eles vão existindo em nós e eternizamo-nos uns aos outros.

segunda-feira, julho 16, 2007 12:00:00 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home